A Serra da Canastra é ótima pra quem quer renovar os ares e passar um feriado prolongado longe da cidade e no meio de muita natureza.

A Serra da Canastra é ótima pra quem quer renovar os ares e passar um feriado prolongado longe da cidade no meio de muita natureza.

Primeiramente é preciso reservar um lugar no camping, para logo quando chegar poder montar as barracas e descansar. O camping indicado é o Vila da Canastra, que tem excelente estrutura, com banheiros feminino e masculino, mesa ampla para as refeições, geladeira, fogão à lenha, tomadas e um banco em lugar estratégico para se observar o nascer do sol.

O valor por pessoa para acampar é de R$ 150,00, mas em dias fora de temporada o valor da diária custa R$ 30,00.

Cachoeira do Fundão

A visita à cachoeira é um pouco difícil, as estradas dentro do parque estão bem danificadas devido as chuvas e a falta de manutenção.

Então em certo ponto da estrada é preciso deixar o carro e seguir a pé. O caminho tem um total de 6km até chegar a cachoeira. São 4,5km até a fazenda onde fica a cachoeira, e mais 1,5km de trilha de nível médio. Totalizando 12km de ida e volta, então ter que ser bastante determinado e estar em boa forma física para poder caminhar até lá.

Trilha para chegar a Cachoeira do Fundão – Foto: 360Go
Cachoeira do Fundão – Foto: 360Go

Cachoeira Da Parida

Essa cachoeira fica a 66km do Vilarejo e é localizada em propriedade particular. Entretanto, para visitar é cobrado o valor de R$ 10,00 por pessoa, existe duas quedas e uma trilha que leva a elas, a coloração da água e da vegetação é linda.

Cachoeira da Parida – Foto: 360Go

Para chegar à primeira cachoeira tem que nadar cerca três metros no Poço do Macaco (que é o poço da segunda queda) e “escalar” uma pequena parede de pedras que dá acesso ao canyon onde a queda principal fica.

Cachoeira da Parida queda II – Foto: 360Go

Cachoeira do João Inácio

No caminho de volta a São João da Canastra é onde fica a Cachoeira do João Inácio, também localizada numa propriedade particular e cobrado o valor de R$ 10,00 por visitante. A cachoeira tem uma queda pequena, mas não deixa nada a desejar no quesito beleza. O poço possui três tons de verde, é bem amplo e excelente para mergulho.

Cachoeira do João Inácio – Foto: 360Go

Dicas:

Segue algumas dicas para quem deseja se aventurar na Canastra:

Para quem procura sossego total o melhor período para acampar por lá com certeza não é nos feriados prolongados.

O gasto total  R$ 330,00 por pessoa (combustível, camping, alimentação e entradas no parque).

  • Faça reserva na pousada antecipadamente. Pousada da Serra – Mapelli ou Thaís (34 9108 6547 – Whatsapp  ou  34 9902 7832).
  • Tenha um GPS ou mapa. Isso facilita muito a viagem.
  • Opte por calçados da categoria adventure, são confortáveis e possuem solado antiderrapante.
  • As roupas devem cobrir o máximo possível do corpo. Isso vai proteger a pele do sol e também evitar do contato direto com o mato. (No caminho para a Casca d’Anta fiz um bronzeamento parcial nas pernas e ainda estou com a marca do short. Hahahaha)
  • Levar no mínimo dois litros de água por pessoa e alimentos nutritivos para almoço e lanche. Tipo: castanhas, barra de cereal, banana, pão integral, amendoins, torradas…
  • Usar filtro solar fator 50 sem moderação e reaplica lo a cada três horas.
  • As pessoas que não fazem atividades físicas regularmente devem se preparar previamente, pois há alguns percursos de nível difícil.
  • Levar saco ou bolsa impermeável para proteger os objetos eletrônicos, pois é quase certo que caia uma “chuvinha” durante as trilhas.

No mais, é abrir e coração e aproveitar o passeio. Vejam mais sobre outras viagens do 360Go.

Cachoeira Casca d’Anta – Serra da Canastra, Minas Gerais
Chapada dos Veadeiros, GO – Relato de um lugar encantador


Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *