O seu cenário entre as montanhas, pousadas rusticas com lareiras e o friozinho da serra a faz ser procurada pelos amantes em lua de mel e por aqueles que querem fugir do calor das grandes cidades.

Na divisa entre São Paulo e Minas Gerais, está localizada a nossa Suíça Mineira. Monte Verde fica a 1555 metros de altitude, o que faz o clima frio o ano todo, mesmo nos verões mais intensos. O seu cenário entre as montanhas, pousadas rusticas com lareiras e o friozinho da serra a faz ser procurada pelos amantes em lua de mel e por aqueles que querem fugir do calor das grandes cidades.

A cidade tem o estilo de Gramado, mas com o charme completo dos mineiros. Aqui é o lugar para desligar o celular, abrir um vinho e admirar a vista para a Serra da Mantiqueira. Neste artigo, vamos dar todas as dicas para aproveitar sua viagem a Monte Verde.

Monte Verde – MG

O cenário lembra uma paisagem dos Alpes suíços: espalhadas pelo vale e pelas encostas das altas montanhas da Mantiqueira, sempre em meio a muito verde, erguem-se as casas construídas em autêntico estilo alpino. No inverno, a névoa que encobre toda a região e a fumaça que sobe das chaminés tornam ainda mais vívida a impressão de que estamos em um pedaço dos Alpes.

Essa semelhança com as terras altas da Europa atraiu e continua atraindo alemães, suíços, italianos e muitos outros que, saudosos de sua terra natal, elegeram Monte Verde como seu lar. A influência européia é visível em todos os lugares: desde o estilo das construções até os produtos encontrados no comércio local, nos restaurantes e suas comidas típicas.

Monte Verde – Mg – Foto: Guia Monte Verde

Monte Verde apresenta um clima frio e seco, característico de regiões montanhosas. No verão as médias são de 26°C durante o dia e 14°C à noite; já no inverno, as temperaturas freqüentemente caem abaixo de zero, atingindo com facilidade a marca de -10°C. Não chega a nevar (embora isso já tenha acontecido algumas vezes), mas nas manhãs de inverno é comum o sol se levantar em meio a uma paisagem totalmente recoberta de gelo, produzindo um visual fantástico.

Como chegar e circular

O trajeto é mais favorável para quem mora na capital de SP, que fica a apenas 3 horas de carro até Monte Verde. Ao contrário da capital de Minas, saindo de Belo Horizonte, o percurso dura um pouco mais de 6 horas de estrada.

Monte Verde faz parte do município de Camanducaia, no sudoeste do estado de Minas Gerais. Do centro de Camanducaia até Monte Verde são mais 30 km em estrada asfaltada.

É possível viajar também de ônibus, mas chegando a Camanducaia tem que pegar outro ônibus até Monte Verde. Verifique os horários antes de viajar, pois pode haver alterações nos horários.

Circular na cidade tem certa dificuldade para quem não vai de carro, por isso é recomendável, então, que se hospede na rua principal da cidade: a Avenida Monte Verde.

Os passeios programados, as empresas locais disponibilizam os meios de transportes, como os jeeps. Na cidade tem táxis, mas em pouca quantidade. O ponto de táxi fica na Rua Mantiqueira bem no centro da cidade, ao lado do bando Bradesco. Pelo fato dos carros não ter taxímetro, é bom combinar o valor com o motorista antes de começar a viagem.

O que fazer

Avenida Monte Verde

A atração principal é passear pela rua principal da cidade. Esse é o lugar onde tem as melhores lojas e restaurantes. Não deixe de explorar cada cantinho da rua, pois lá você vai encontrar diversos souvenirs, como cachaçarias, cervejaria, chocolateiras. Além de lojas de roupas e artesanatos.

Avenida Monte Verde – Fonte: Guia Monte Verde
Avenida Monte Verde – Fonte: Guia Monte Verde

Passeio de Jeep

Como a cidade fica rodeada de montanhas e as estradas em sua maioria ainda são de terra, nada melhor do que passear de jeep para sair da rotina. Há varias agencias na rua principal da cidade para alugar um e sair por ai. E ainda o passeio termina com um nada menos romântico do que com um picnic.

Se não quiser se aventurar no jeep, tem a possibilidade de contratar apenas o picnic e aproveitar a natureza.

Trilhas

A cidade é cheia de atividade de ecoturismo, e uma delas que não pode faltar são trilhas em meio à mata com vistas espetaculares de cima das montanhas.  O passeio é feito também por uma agencia que pode ser encontrada na rua principal da cidade. É sempre recomendada a contratação de um guia. Um dos passeios mais famoso é ver o por do sol no alto da montanha.

Pedra Redonda

  • Uma das mais famosas de Monte Verde, porque é uma das mais fáceis, oferece belos mirantes e o cume plano.
  • Altitude: 1990 metros
  • Distância: 1,8 km ida e volta (1h30)
  • Nível de Dificuldade: Moderada (tem um trecho íngreme no final)

Pedra Partida

  • A Pedra Partida tem uma vista de 360 graus, de onde é possível ver até a Pedra do Baú, já no Estado de São Paulo.
  • Altitude: 2046 metros
  • Distância: 1,6 km ida e volta (3 horas)
  • Nível de Dificuldade: Intermediário

Chapéu do Bispo

  • É a trilha mais fácil e curta de Monte Verde, com um trecho íngreme no início mas que fica fácil depois
  • Altitude: 2030 metros
  • Distância: 1,3 km ida e volta (1h30)
  • Nível de Dificuldade: Fácil

Trilha do Platô

  • Esse mirante é uma continuação do Chapéu do Bispo.
  • Altitude: 1900 metros
  • Distância: 2 horas (ida e volta)
  • Nível de Dificuldade: Fácil

Pico do Selado

  • Pico mais alto do sul de Minas Gerais. A caminhada é longa e puxada, e fica na sequência da Trilha do Platô. Mais do que as outras, é importante ir com guia pois há risco de se perder.
  • Altitude: 2082 metros
  • Distância: 5 horas ida e volta
  • Nível de Dificuldade: Difícil

Atividade de Aventura

Tirolesa – Fonte: Guia Monte Verde

Monte Verde também oferece atividades radicais para fazer em família. As atividades são realizadas no Circuito de Aventura Fazenda Radical que oferece atividades como passeio de quadriciclo, escalada, arvorismo, arco e flecha, slackline, passeios de cavalo e duas tirolesas. Sendo uma delas infantil e a outra, a Mega Tirolesa com extensão de 450 metros a 70 metros de altura em meio à mata.

Escola de Falcoaria

Essa atividade permite você ver de perto Falcões e Corujas. Tudo é feito com a sua devida segurança para poder aproveitar toda a atividade. A ave faz pouso e se alimenta no seu braço, tornando assim a experiência única e inesquecível. A única coisa que não é permitida é acariciar ou tocar os animais.

Falcoaria – Fonte: Guia Monte Verde

Patinação no gelo

O ring é aberto o ano todo, ela pode não ser muito grande, mas é perfeita para toda família, inclusive crianças. Ela fica na avenida principal da cidade.

Patinação no gelo – Fonte: Guia Monte Verde

Quando ir

Monte Verde, ao contrário do litoral faz frio o ano inteiro. Não é atoa que todas as pousadas e hotéis possuem lareiras e aquecedores. Mesmo nos meses de verão e primavera as temperaturas não aumentam muito, o que é ideal para quem não gosta de um clima a baixo de 0, mas mesmo assim quer sentir o friozinho da Suíça Mineira. A única coisa que pode atrapalhar nessa temporada são as chuvas.

Avenida Monte Verde – Fonte: Guia Monte Verde

Se quiser aproveitar bastante o frio, recomenda-se que vá no outono/inverno. Porém nessa época os preços costumam subir, pois é a alta temporada da cidade, mas vale lembrar os eventos principais da cidade, como o Festival de inverno, que ocorre em Julho. O evento tem shows, oficinas culturais e muitas outras atrações. E o Festival Gastronômico, em outubro, é quando os restaurantes ganham cardápios mais requintados.

Gastronomia

Restaurante Mont Vert

A cidade oferece comida para todo tipo de paladar. Desde comida mineira bem caseira a comida internacional bem elaborada. Mas o que mais chama atenção de Fondue que é servido em vários lugares.

FONDUE: O restaurante Mont Vert é ideal – ele até é conhecido como Casa do Fondue. Além de servir os tradicionais de carne, queijo e chocolate, também tem opções com carnes nobres (javali, cordeiro e avestruz) e, de sobremesa, leite ninho com gianduia ou doce de leite.

Hotelaria

Fonte: Booking
Fonte: Booking
Fonte: Booking

A cidade oferece lugares espetaculares para se hospedar. As opções, sendo hotel, pousada, casa ou chalé, todas possui um charme que só tem ali. Aquele toque de rústico com o friozinho faz você nunca mais querer sair do quarto.

Existe hotel para todo tipo de bolso. Mas todos os quartos incluem lareiras e aquecedor interno. Outros lugares um pouco a cima da média oferece hidromassagem, piscinas aquecidas e até spa. Basta qual a experiência que você quer e reservar o seu lugar.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *