Poucos ainda conhecem sobre essa incrível lagoa no Mato Grosso que possui extraordinários tons de azuis e águas cristalinas.

Vitor, sabe informar como faço para reservar um passeio para essa lagoa?

3,0 rating
Celso

Lagoas de águas azuis e cristalinas até parece coisa de filme ou edição de imagem, mas esses lugares realmente existem e estão principalmente aqui no Brasil.

A Lagoa Azul em Primavera do Leste, no Mato Grosso do sul vem atraindo os olhares curiosos de pessoas que busca aventura em mergulhos.

Lagoa Azul – MT

Como chegar

A 25 km da cidade de Cuiabá está localizada essa surreal lagoa com nome ainda não oficial de Lagoa da Lua. O acesso é feito saindo de Cuiabá pela MT 251, passando por um trajeto da Chapada dos Guimarães e seguindo até a cidade de Campo Verde, onde pega a BR 070 até a Primavera do Leste. O trajeto até o local leva cerca de 3 horas até o destino.

Embora a lagoa tenha mais de 10 metro de profundidade, é ideal tanto para mergulhados experientes quanto para iniciantes.  Assim as agências especializadas no passeio oferecem os equipamentos para a prática de mergulho pelo valor de R$ 75 reais. Além de oferecerem pacote completo com transporte, treinamento, equipamento, apoio de instrutores para o mergulho e ingresso de R$20 por pessoa.

Já que está em uma propriedade privada, na Fazenda Onça Pintada. O passeio é limitado o número de visitantes: 40 pessoas por dia.

Turistas na Lagoa Azul – Foto Andrada R
Mergulho na Lagoa Azul – Foto: Rafaella Zanol
Mergulho na Lagoa Azul – Foto: Rafaella Zanol

Enfim, ao praticar o mergulho, é possível ver as nascentes borbulhando na areia, além de grutas submersas, uma vegetação incrível e formações rochosas lindas. A sua temperatura é agradável a maior parte do ano, com uma média de 26 graus.

Megulho Lagoa Azul – Foto: MT Adrenalina

Dicas

Há outra lagoa existente nas proximidades, a Lagoa Encantada. Ela está temporariamente interditada devido a poluição de suas águas, o que fez elas mudarem de cor. Essa lagoa é ideal para praticar flutuação e observar os peixes, como traíra, cará e tucunaré. Antes de fazer sua viagem ou o passeio, busque informações sobre o local e se estará aberto para visitação.

Outra dica é entrar em contato com antecedência e fazer a reserva do seu passeio. A cidade ainda está sendo estruturada para os turistas e por esse fato é preciso se antecipar.

  • Recomendamos levar lanche para matar a fome, pois como foi dito, o lugar ainda não possui infraestrutura.
  • Protetor solar e repelente é por mais que seja necessário no meio do mato, não é ideal para entrar na água, pois seus químicos podem poluir a nascente.
  • Lembre se de sempre trazer seu lixo de volta. Porque apesar do lugar ainda não ter estrutura para turistas, devemos preservar a natureza e deixar tudo limpo para o próximo. A natureza sempre agradece.

Se está gostando do nosso conteúdo, leia também sobre Jalapão – TO e seus incríveis fervedouros de águas azuis.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *