Essa região abriga poços e cachoeiras de águas cristalinas, além de enormes pedreiras cheias de vegetação do Cerrado. O local está na lista para quem está sempre em busca de aventuras.

Entre as cidades Alto do Paraíso e Goiás está localizado o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros. Um lugar deslumbrante que tem como principal atrativo as cachoeiras e trilhas.

Essa região abriga poços e cachoeiras de águas cristalinas, além de enormes pedreiras repletas de vegetação do cerrado. O local certamente está na lista dos que buscam aventuras, mas também é muito procurado por famílias e pessoas de todas as idades. Nessa perspectiva, nem todas as cachoeiras possuem trilhas com um grau de dificuldade elevado, portanto são ótimas para crianças e idosos.

Então, diante de tantas opções tentaremos falar do que consideramos como os melhores passeios e atividades na Chapada dos Veadeiros.

Como chegar:

A Chapada está localizada no estado de Goiás e para quem vem de outros lugares do mapa, Brasília está na rota. De Brasília em diante existem duas opções para chegar à Chapada:

Booking.com

De ônibus

LUCRE COM O TURISMO
Conheça agora como eu faço para lucrar com o turismo e viajar mais!


Opção econômica, porém sugerimos que fiquem atentos aos horários de saída dos ônibus pois, podem comprometer seus dias disponíveis para o passeio. Monte uma estratégia com esses horários.

O trajeto até Alto Paraíso leva um pouco mais de 4 horas.

De carro

A viagem de carro é bem tranquila. As estradas em alguns trechos são duplicadas proporcionando conforto e segurança. Já na Chapada, é aconselhável a utilização de carros mais altos e traçados, pois as estradas em sua maioria são de terra.

Como circular

Na Chapada não há transporte público, então, a melhor maneira para circular é de carro. Caso contrário, poderá utilizar-se dos veículos com guias, claro, isso tem um custo a mais, porém pode ser dividido com outras pessos em um grupo de passeio.

Guia Gustavo da Cidade
Caso não queira ir à Chapada através de uma agência, siga o trajeto e na cidade recomendamos que procure o guia Gustavo, esse é o contato. Clique aqui!

Passeios:

Na cidade existem diversos passeios, veja alguns abaixo:

Catarata dos Couros

Essa cachoeira possui um visual de tirar o fôlego, sendo uma das mais procuradas por todos os tipos de aventureiros. Nela existem desde poços profundos que servem para a prática do Jump até os mais rasos para se deleitar na água de temperatura fria.

A Cachoeira está localizada próxima a Alto Paraíso. São 20 km de estrada asfaltada e 35 km de estrada de terra com 1 hora de trajeto até o destino. A trilha tem grau de dificuldade médio com 3 km de percurso. Recomendamos a visita guiada, por segurança, pois as estradas não são bem sinalizadas. Os guias cobram em média 150 reais, e o valor pode ser dividido entre até 4 pessoas.

Cachoeira Santa Bárbara

Cachoeira Santa Barbara
Booking.com

A Cachoeira de Santa Bárbara está na lista das mais bonitas da região. Com uma queda de 30 metros de altura e com águas cristalinas que formam um poço em tons de verde turquesa, certamente será o ponto alto da viagem. O tempo de permanência na cachoeira é de apenas 40 minutos.

A Cachoeira fica próximo a Cavalcante com 1 hora de estrada até o destino. Nesse passeio o guia é obrigatório e a entrada custa 20 reais. A trilha tem um grau de dificuldade média e o passeio pode levar o dia todo.

Complexo de Cachoeiras do Macaquinho

Cachoeira Macaquinhos Chapada Dos Veadeiros

A Cachoeira do Macaquinho possui 10 quedas, sendo que a última é a Cachoeira do Encontro. O nome faz referência ao encontro de dois rios, que lá acontece.

A estrada é de terra e bem sinalizada, mas todo cuidado é pouco e o carro 4×4 deve entrar em ação. Na opinião de muitos, apesar de cansativo, é mais seguro estacionar o carro e fazer a descida a pé. A trilha tem algumas dificuldades e o guia é indispensável.

Cachoeira Almécegas I

Cachoeira Almécegas I – Foto: RICARDO STUCKERT

A visão das quedas da Almécegas é deslumbrante. O poço é bem fundo e obviamente que, quem não sabe nadar não deve se aventurar. Ela fica próxima a Alto Paraíso e seu trajeto são 8 km de asfalto e 2,5 km de estrada de terra. A cachoeira fica em uma propriedade privada e por isso é preciso pagar a entrada no valor de 30 reais, por pessoa. No demais, a trilha é cansativa, mas não difícil e o passeio pode durar em média 2 a 3 horas.

Vale da Lua

Vale da Lua – Foto: Vitor Marigo

EXPLORE O MUNDO
Receba em seu e-mail informações sobre sorteios de viagens para o início de 2020!


O nome já diz tudo. A paisagem de rochas com formação similar a da superfície lunar, com vários túneis e um rio que passa por entre as rochas formando piscinas naturais e duchas. Realmente é uma vista única.

O vale fica a 4 km de distância de São Jorge e não há necessidade de contratar um guia.

O valor da entrada custa em média 20 reais, por pessoa. A visita ao vale é indicada no período de seca, melhor épocac para se aproveitar as piscinas naturais.

Mirante da Janela e Cachoeira do Abismo


Mirante da Janela Chapada dos Veadeiros na foto Vitor Cherulli

A vista do Mirante é espetacular. A cachoeira que aparece ao fundo é a “Salto do Rio Preto”. Esse passeio termina na Cachoeira do Abismo que, assim como na maioria delas, na época de seca diminui o colume de água na queda. Além disso, a trilha é mais difícil por conta da subida e alguns trechos são perigosos.

O valor do passeio custa em média 15 reais, por pessoa e reforçando: indicamos a contratação de um guia.

Loquinhas

Cachoeira Loquinhas Chapada dos Veadeiros

Esse é um dos passeios mais tranquilos da Chapada e indicado para todas as idades. Loquinhas fica perto de Alto Paraíso e fica a apenas 5 km de estrada de terra não havendo a necessidade de um guia, pois a estrada é bem sinalizada e possui uma trilha leve.

Cachoeira Capivara

Cachoeira Capivara – Foto: Cokada

Essa cachoeira facinante é indicada para pessoas com mais preparo físico. São 1,6 km de trilha com nível de dificuldade médio, além de o poço ser razoavelmente fundo.

Quando ir

Como medida de segurança, programe sua viagem à Chapada entre os meses de maio a julho, onde ocorre o período de seca. A maior incidência de sol vão de junho a setembro.

Dicas

Booking.com

Como em qualquer ecoturismo é imprescindível o uso de repelente, protetor solar e beber muita água. Use roupas leves e não esqueça os trajes de banho se quer aproveitar as cachoeira. E não se esqueça de sempre trazer o lixo de volta. A natureza agradece.

Extra

Por fim, se está gostando do nosso conteúdo, não deixe de conferir sobre outro destino ainda no estado de Goiás: Terra Ronca – GO.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

EXPLORE O MUNDO
Receba em seu e-mail informações sobre sorteios de viagens para o início de 2020!