Os lençois maranhenses é uma paisagem única. É comum ouvirmos que não há outra de tamanha beleza e proporção, no mundo.

Os “Lençois Maranhenses” é uma paisagem única. É comum ouvirmos que não há outra de tamanha beleza e proporção, no mundo. São dunas gigantescas de areias finas e branquíssimas a beira mar, permeadas por lagoas de águas doces, cristalinas, de tons de azul e verde que se formam nos períodos de chuva. Algumas dessas lagoas permancem cheias por quase todo o ano.

A região é localizada no noroeste do estado do Maranhão a 250 km da capital São Luís ocupando uma área de 155 mil hectares. No Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses formam-se as principais e as mais belas lagoas da região.

Vista de cima dos Lençóis Maranhenses

Como chegar

A porta de entrada para os Lençois é Barreirinhas. Para chegar até lá, o ideal é partir de São Luís, de carro próprio ou alugado. Outras opções são os ônibus ou vans que podem ser contratadas com destino às cidades de Barreirinhas ou Santo Amaro do Maranhão.

De ônbius até Barreirinhas, a passagem fica em torno de 51 reais, sendo o modo mais econômico de se fazer o trecho que dura 4 horas, por estradas asfaltadas.

Booking.com

Já, para Santo Amaro do Maranhão, até o momento desse matéria, uma parte do trajeto ainda era de estradas de chão, logo, é importante que você se informe das condições e meios de transportes disponíveis.

LUCRE COM O TURISMO
Conheça agora como eu faço para lucrar com o turismo e viajar mais!


Há quem prefira ir de lancha ou barco, direto para a vila de Atins, saindo do porto de Barreirinhas.

Para saber mais sobre o trajeto e como chegar a essas três cidades clique aqui.

Quando ir

Ao se programar para ir aos Lençois fique atento ao período de chuvas que normalmente acontece entre os meses de janeiro a junho. A sugestão é que aproveitem os meses de junho, julho e agosto, quando os dias estão mais limpos e as lagoas ainda completamente cheias.

Após a temporada de chuvas, mais precisamente, a partir de setembro, as lagoas começam a secar, logo, algumas ficam impróprias para banho e outras simplesmente desaparecem.

Portanto, como o período de chuvas e consequentemente de lagoas cheias podem variar, recomendamos consultar as agências de turismos locais e o ICMBio ([email protected]), para verificar as condições de tempo para que possa aproveitar o melhor da sua viagem.  

Passeios e atrações

As três cidades citadas acima possuem várias opções de passeios turísticos.

De modo que, cada lagoa possui suas próprias características. São belezas singulares. Porém, a temperatura quase morna da água é comum em todas elas.

Carro 4×4. Comporta 12 pessoas – Foto: Monique Renne

Os passeios nas dunas e lagoas são guiados por profissionais, costumam ser em carros traçados e em grupos de até 12 pessoas. O preço de um passeio costuma ficar entre 60 e 120 reais, o que depende do roteiro e duração. Em Barreirinhas os passeios sempre são em grupos de muitas pessoas. Mas em Santo Amaro e Atins é possível fazer tours particulares por um valor um pouco mais alto.

Booking.com

Os mais famosos são a Lagoa Azul e Lagoa Bonita, em Barreirinhas; a Lagoa das Emendadas, Lagoa da Betânia, Lagoa da Andorinha e Lagoa Gaivota, em Santo Amaro do Maranhão e o Circuito da Lagoa das Sete Mulheres, além da Lagoa da Capivara, Lagoa Tropical e a Lagoa da Lorena, em Atins. Os passeios mais famosos não necessariamente são os mais bonitos. Afinal, todos os anos a paisagem muda, e, muita coisa pode estar diferente do ano anterior. Então, se puder, faça passeios fora dos tradicionais.

Principais Lagoas

Lagoa Azul – Barreirinha. Foto: Monique Renne
Lagoa Bonita- Barreirinha. Foto: Monique Renne

A verdade é que não importa qual o roteiro, todas as paisagens são deslumbrantes. É muito difícil escolher qual é o melhor e o preferido, afinal cada passeio tem suas peculiaridades. Então, se possível, faça um roteiro mais longo para que possa visitar um maior número de lugares.

Lagoa das Emendadas – Santo Amaro. Foto: Monique Renne

Há quem diga, que os melhores passeios estão em Santo Amaro, que lá existem lagoas de cores extraordinária, embora, as lagoas mais famosas estejam em Barreirinha.

Além da visita às lagoas há opções de passeios de lancha, quadriciclo, avião e roteiros a pé. O custo desses passeios fica entre 40 e 350 reais. Os preços não variam muito entre as agências, mas vale pesquisar. Busque sempre agências credenciadas para ter segurança nos passeios, os guias profissionais conhecem o trajeto a ser feito, os protocolos de preservação ambiental e todo o Parque Nacional. Os carros possuem adesivos com os número da permissão, a logomarca do Parque e os condutores devem portar crachás de identificação. Em hipótese alguma faça a viagem sem guia, o território do Parque é extenso e muito fácil de se perder.

Passeios radicais

Sobrevoo nos Lençóis Maranhenses – Foto: Monique Renne

Se quiser realmente conhecer os Lençóis recomendamos sobrevoar as lagoas. Lá de cima a vista é mais impressionante ainda. Há diversas rotas e o custo é de 300 reais por pessoa. Lembrando das possíveis variações de preço.

Kitesurfe

Para os que gostam de esportes radicais, o kitesurfe é indicado na alta temporada, sendo que, em Atins há escolas à beira mar. De fato, uma alternativa interessante de passeio por ali.

O passeio de quadriciclo – Foto: Monique Renne

EXPLORE O MUNDO
Receba em seu e-mail informações sobre sorteios de viagens para o início de 2020!


O passeio de quadriciclo é permitido fora do Parque Nacional, em uma área chamada de Pequenos Lençóis. É outra alternativa de passeio que garante a divesão. O custo para o passeio é de 350 para duas pessoas, com saída às 9 e o retorno às 17 horas.

Por do sol nas dunas – Foto: Monique Renne

Contudo, se há algo que sugerimos que você faça quantas vezes puder, é assistir o por do sol nas dunas. É uma visão espetacular e única a cada dia. E o melhor, é de graça!

Dicas de viagem

Sempre que puder leve comida para os passeios, o Parque não oferece infraestrutura de alimentação para os visitantes e na maioria dos passeios não há lugares para se comprar comida ou bebida. Excepcionalmente, em alguns passeios mais longos, há uma parada para o almoço em lugares estrategicamente preparados. Alguns carros oferecem caixa térmica para os turistas que queiram levar bebidas, recomendando para que não deixem o lixo no parque.

Os passeios pelas dunas são feitos debaixo de um sol escaldante, não há sombras, portanto, é preciso estar bem equipado levando roupas leves, de banho, chapéus e muito protetor solar. O chinelo também é providencial, apesar das areias não serem muito quentes, além de meias, principalmente para quem vai fazer a travessia do Parque Nacional. Depois de algum tempo caminhando, os pés podem ficar sensíveis e tornar o passeio doloroso.

Importante:

Celular. Nos Lençóis Maranhenses, o serviço de telefonia e internet estão sempre instáveis, principalmente quando chove, então resolva tudo antes de partir para a sua viagem. As pousadas oferecem sinal de wi-fi, mas não confie que estará funcionando devidamente. As operadoras indicadas para sinal de telefone é a OI e de internet é a Claro.

Dinheiro. Cartão de crédito é quase sempre aceito em Barreirinhas, não sendo o mesmo para Santo Amaro e Atins. Se não quiser passar aperto é recomendável levar quantias em dinheiro. Em Barreirinhas há Banco do Brasil, Bradesco, Caixa e Banco do Nordeste. Em Santo Amaro há um Bradesco, casa lotérica e agências dos Correios. Em Atins não há bancos.

Ficou com vontade de conhecer esse paraíso? Se você vai ou se já esteve lá, conte pra gente como foi e não deixe de conferir outros conteúdos incríveis no site.

As 5 maravilhas do Jalapão – TO (Inacreditável)
Sua melhor viagem vai ser em Jericoacoara – CE

Booking.com

Quer ver mais fotos desse lugar incrível? Confira no facebook dos Lençóis Maranhenses, caso faça uma viagem para lá, suas fotos também podem aparecer no feed.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

EXPLORE O MUNDO
Receba em seu e-mail informações sobre sorteios de viagens para o início de 2020!